EI e EFI – GI a 5º ano – Pedido de atenção com os protocolos

14/06/2021

Às famílias de GI a 5º ano,

Está correndo tudo bem nos encontros presenciais e agradecemos a colaboração e atenção de vocês aos procedimentos e protocolos de segurança que estamos instituindo.

Avaliamos que quanto mais nos apropriarmos desses combinados e dermos conta de segui-los, maior segurança teremos para receber as crianças com a responsabilidade de evitar ao máximo o contágio no ambiente escolar, colaborando assim para que toda a comunidade esteja protegida, dentro da escola e na casa de cada um e cada uma.

Nesse sentido, retomamos aqui alguns aspectos que ainda precisam de maior atenção, e pedimos que leiam atentamente para que nos ajudem a cuidar de cada um deles.

 

1. Condições de saúde da criança e de quem mora com ela

Se a criança ou qualquer pessoa que convive com ela sem máscara estiver com algum sintoma de síndrome gripal, pedimos que pedimos que a escola seja prontamente comunicada e a criança não compareça às atividades presenciais. Tais medidas são fundamentais para que evitemos, tanto quanto possível, a circulação de vírus respiratórios no ambiente escolar, bem como para que sejam adotadas medidas adicionais de prevenção e controle se houver confirmação de COVID-19.

No caso de quadros alérgicos ou outros sintomas sabidamente não relacionados à COVID-19, pedimos um relatório médico declarando o diagnóstico diferencial.

 

2. Informações à escola sobre o surgimento de sintomas

Da mesma forma, pedimos que a escola seja avisada prontamente se a criança ou qualquer pessoa que convive com ela sem máscara apresentar sintoma gripal nas 48 horas posteriores à sua participação em atividades presenciais, para que possamos adotar oportunamente as medidas de isolamento e quarentena, quando cabíveis.

O retorno da criança às atividades presenciais se dará após conclusão do diagnóstico etiológico, se realizado, ou de acordo com critérios epidemiológicos (períodos máximos de incubação e de transmissibilidade dos principais vírus respiratórios circulantes na atualidade).

 

3. Cuidados com o tipo e o ajuste da máscara

É condição para participação nas atividades presenciais o uso de máscaras cirúrgicas de TNT com clipe nasal e três camadas. E é condição também que a máscara esteja bem ajustada ao rosto da criança.

Como opção, as crianças podem: usar uma máscara N95 ou PFF2; ou usar uma máscara de pano por cima da máscara cirúrgica, para contribuir com o ajuste e vedação.

Essas são medidas de segurança sanitária que visam a contribuir com a segurança de crianças e adultos que circulam pela escola.

 

4. Lanche pronto para o consumo

As crianças de GI a 2º ano não estão tomando lanche na escola nesse momento, mas as de 3º a 5º ano devem levar seu lanche e ele deve estar preparado e acondicionado de forma que elas tenham autonomia para o manuseio e consumo.

 

5. Garrafa de água

É muito importante que as crianças não se esqueçam de levar para a escola uma garrafa de água já cheia e com tampa, para que a parte onde a criança vai encostar a boca fique protegida, e com uma segunda abertura para a reposição de água se necessário.

Os bebedouros da escola estão disponíveis apenas para a reposição de água nas garrafas individuais, de forma que não é possível beber água diretamente neles nem temos copos disponíveis, por questão de segurança sanitária.

 

6. Cabelos compridos presos

É muito importante também que as crianças que têm cabelos compridos (meninos ou meninas) prendam o cabelo para frequentar as atividades presenciais.

Cabelos compridos encostam nas máscaras, que por princípio podem estar contaminadas, e as crianças acabam passando a mão na máscara para ajeitar o cabelo, correndo também o risco de passar a mão nos olhos para afastá-los do rosto.

Outro aspecto que não tem relação com os protocolos de segurança, mas que é importante para que as crianças aproveitem ao máximo os encontros na escola, é o uso de tênis e roupas confortáveis nos dias de aula de Educação Física.

De manhã, 3º e 4º ano têm Educação Física na 4ª feira; e GI, 1º, 2º e 5º ano têm aula na 6ª feira.

À tarde, 3º e 4º ano têm Educação Física na 2ª feira; GI B e 1º ano B na 4ª feira; e GI A, 1º ano A, 2º e 5º ano têm aula na 6ª feira.

Agradecemos sua atenção e colaboração. Juntos, vamos criando novos hábitos para uma retomada segura e estável.

Um abraço,

 

Equipe de Orientação de EI e EF I

EI e EFI – GI a 5º ano – Pedido de atenção com os protocolos

14/06/2021

Às famílias de GI a 5º ano,

Está correndo tudo bem nos encontros presenciais e agradecemos a colaboração e atenção de vocês aos procedimentos e protocolos de segurança que estamos instituindo.

Avaliamos que quanto mais nos apropriarmos desses combinados e dermos conta de segui-los, maior segurança teremos para receber as crianças com a responsabilidade de evitar ao máximo o contágio no ambiente escolar, colaborando assim para que toda a comunidade esteja protegida, dentro da escola e na casa de cada um e cada uma.

Nesse sentido, retomamos aqui alguns aspectos que ainda precisam de maior atenção, e pedimos que leiam atentamente para que nos ajudem a cuidar de cada um deles.

 

1. Condições de saúde da criança e de quem mora com ela

Se a criança ou qualquer pessoa que convive com ela sem máscara estiver com algum sintoma de síndrome gripal, pedimos que pedimos que a escola seja prontamente comunicada e a criança não compareça às atividades presenciais. Tais medidas são fundamentais para que evitemos, tanto quanto possível, a circulação de vírus respiratórios no ambiente escolar, bem como para que sejam adotadas medidas adicionais de prevenção e controle se houver confirmação de COVID-19.

No caso de quadros alérgicos ou outros sintomas sabidamente não relacionados à COVID-19, pedimos um relatório médico declarando o diagnóstico diferencial.

 

2. Informações à escola sobre o surgimento de sintomas

Da mesma forma, pedimos que a escola seja avisada prontamente se a criança ou qualquer pessoa que convive com ela sem máscara apresentar sintoma gripal nas 48 horas posteriores à sua participação em atividades presenciais, para que possamos adotar oportunamente as medidas de isolamento e quarentena, quando cabíveis.

O retorno da criança às atividades presenciais se dará após conclusão do diagnóstico etiológico, se realizado, ou de acordo com critérios epidemiológicos (períodos máximos de incubação e de transmissibilidade dos principais vírus respiratórios circulantes na atualidade).

 

3. Cuidados com o tipo e o ajuste da máscara

É condição para participação nas atividades presenciais o uso de máscaras cirúrgicas de TNT com clipe nasal e três camadas. E é condição também que a máscara esteja bem ajustada ao rosto da criança.

Como opção, as crianças podem: usar uma máscara N95 ou PFF2; ou usar uma máscara de pano por cima da máscara cirúrgica, para contribuir com o ajuste e vedação.

Essas são medidas de segurança sanitária que visam a contribuir com a segurança de crianças e adultos que circulam pela escola.

 

4. Lanche pronto para o consumo

As crianças de GI a 2º ano não estão tomando lanche na escola nesse momento, mas as de 3º a 5º ano devem levar seu lanche e ele deve estar preparado e acondicionado de forma que elas tenham autonomia para o manuseio e consumo.

 

5. Garrafa de água

É muito importante que as crianças não se esqueçam de levar para a escola uma garrafa de água já cheia e com tampa, para que a parte onde a criança vai encostar a boca fique protegida, e com uma segunda abertura para a reposição de água se necessário.

Os bebedouros da escola estão disponíveis apenas para a reposição de água nas garrafas individuais, de forma que não é possível beber água diretamente neles nem temos copos disponíveis, por questão de segurança sanitária.

 

6. Cabelos compridos presos

É muito importante também que as crianças que têm cabelos compridos (meninos ou meninas) prendam o cabelo para frequentar as atividades presenciais.

Cabelos compridos encostam nas máscaras, que por princípio podem estar contaminadas, e as crianças acabam passando a mão na máscara para ajeitar o cabelo, correndo também o risco de passar a mão nos olhos para afastá-los do rosto.

Outro aspecto que não tem relação com os protocolos de segurança, mas que é importante para que as crianças aproveitem ao máximo os encontros na escola, é o uso de tênis e roupas confortáveis nos dias de aula de Educação Física.

De manhã, 3º e 4º ano têm Educação Física na 4ª feira; e GI, 1º, 2º e 5º ano têm aula na 6ª feira.

À tarde, 3º e 4º ano têm Educação Física na 2ª feira; GI B e 1º ano B na 4ª feira; e GI A, 1º ano A, 2º e 5º ano têm aula na 6ª feira.

Agradecemos sua atenção e colaboração. Juntos, vamos criando novos hábitos para uma retomada segura e estável.

Um abraço,

 

Equipe de Orientação de EI e EF I

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021