Instituto Equipe – Projeto Social com Refugiados

30/06/2017

Caros pais e alunos,

Desde 2016, realizamos uma série de encontros e conversas com um grupo de refugiados e imigrantes que se dispuseram a construir em parceria com o Instituto Equipe um novo projeto social destinado aos alunos de Ensino Médio. Nesses encontros, que envolveram alunos, ex-alunos, pais e educadores, tivemos como objetivo principal nos aproximarmos de suas culturas, das condições de saída dessas pessoas de seus lugares de origem, dos deslocamentos que fizeram até chegar a São Paulo e das condições de vida que levam no Brasil.

O tema inicial, proposto pelos refugiados e imigrantes para pautar nossas conversas e reflexões e que balizou a elaboração do projeto, foi o desejo e a necessidade de levar os brasileiros a mudarem a representação que têm deles. Esse tema girava em torno do sentimento partilhado por eles de indignação diante da falta de políticas concretas por parte do Estado para acolhê-los e de surpresa diante do imaginário social com que se deparavam cotidianamente, um imaginário marcado pelo preconceito e pela discriminação.

O projeto que desenvolveremos a partir de agosto de 2017, em parceria com a ONG África do Coração, tem como propósito principal contribuir para a ressocialização dos participantes e consiste na realização de um processo teatral, baseado na estética do teatro documentário. Pretende, nesse sentido, ampliar o referencial teatral dos participantes, assim como fomentar a reflexão crítica, a autonomia, e as trocas simbólicas entre os dois grupos. Ao longo do projeto serão elaborados documentos das atividades realizadas, assim como um experimento cênico a ser socializado publicamente.

Os encontros acontecerão às sextas-feiras, das 14h às 17h no Instituto Equipe e envolvem deslocamentos para outras regiões de São Paulo e possivelmente disponibilidade para encontros em outros horários, de acordo com a atividade a ser realizada. Os participantes serão orientados e acompanhados pelo educador Gabriel Máximo, professor de Teatro do Colégio e pela coordenadora dos projetos sociais, Celina Fernandes.

As principais atividades propostas, que envolvem refugiados, imigrantes e alunos, são:

  • Participação em processo criativo teatral a partir de jogos teatrais.
  • Apreciações em grupo de um espetáculo de teatro e de um filme que abordem a temática do refúgio e da (i)migração, seguidas de debates com artistas ou pensadores envolvidos com a obra.
  • Visitas a instituições que recebem e abrigam refugiados e observação das condições e das relações que nelas se estabelecem.
  • Participações dos alunos do Colégio Equipe em ações da ONG África do Coração.
  • Participação em três palestras abertas ao público, cujos possíveis temas seriam, a depender dos rumos do projeto: o que é Teatro documentário?; a condição de refugiados e imigrantes recém chegados ao Brasil; racismo no Brasil.
  • Produção de mapas que revelem o deslocamento de refugiados e imigrantes na cidade de São Paulo.
  • Documentação constante e sistemática das atividades do projeto.
  • Elaboração de documento impresso, do tipo portfólio.
  • Apresentação de experimento cênico aberto ao público.

Como se trata de um projeto piloto, entendemos que os participantes contribuirão para encaminhamento e avaliação das atividades propostas, visando o aprimoramento do projeto para suas posteriores versões.

As inscrições acontecerão no início de agosto quando enviaremos outro comunicado.

Estamos à disposição para eventuais esclarecimentos.

 

Instituto Equipe Cultura e Cidadania

 

Instituto Equipe – Projeto Social com Refugiados

30/06/2017

Caros pais e alunos,

Desde 2016, realizamos uma série de encontros e conversas com um grupo de refugiados e imigrantes que se dispuseram a construir em parceria com o Instituto Equipe um novo projeto social destinado aos alunos de Ensino Médio. Nesses encontros, que envolveram alunos, ex-alunos, pais e educadores, tivemos como objetivo principal nos aproximarmos de suas culturas, das condições de saída dessas pessoas de seus lugares de origem, dos deslocamentos que fizeram até chegar a São Paulo e das condições de vida que levam no Brasil.

O tema inicial, proposto pelos refugiados e imigrantes para pautar nossas conversas e reflexões e que balizou a elaboração do projeto, foi o desejo e a necessidade de levar os brasileiros a mudarem a representação que têm deles. Esse tema girava em torno do sentimento partilhado por eles de indignação diante da falta de políticas concretas por parte do Estado para acolhê-los e de surpresa diante do imaginário social com que se deparavam cotidianamente, um imaginário marcado pelo preconceito e pela discriminação.

O projeto que desenvolveremos a partir de agosto de 2017, em parceria com a ONG África do Coração, tem como propósito principal contribuir para a ressocialização dos participantes e consiste na realização de um processo teatral, baseado na estética do teatro documentário. Pretende, nesse sentido, ampliar o referencial teatral dos participantes, assim como fomentar a reflexão crítica, a autonomia, e as trocas simbólicas entre os dois grupos. Ao longo do projeto serão elaborados documentos das atividades realizadas, assim como um experimento cênico a ser socializado publicamente.

Os encontros acontecerão às sextas-feiras, das 14h às 17h no Instituto Equipe e envolvem deslocamentos para outras regiões de São Paulo e possivelmente disponibilidade para encontros em outros horários, de acordo com a atividade a ser realizada. Os participantes serão orientados e acompanhados pelo educador Gabriel Máximo, professor de Teatro do Colégio e pela coordenadora dos projetos sociais, Celina Fernandes.

As principais atividades propostas, que envolvem refugiados, imigrantes e alunos, são:

  • Participação em processo criativo teatral a partir de jogos teatrais.
  • Apreciações em grupo de um espetáculo de teatro e de um filme que abordem a temática do refúgio e da (i)migração, seguidas de debates com artistas ou pensadores envolvidos com a obra.
  • Visitas a instituições que recebem e abrigam refugiados e observação das condições e das relações que nelas se estabelecem.
  • Participações dos alunos do Colégio Equipe em ações da ONG África do Coração.
  • Participação em três palestras abertas ao público, cujos possíveis temas seriam, a depender dos rumos do projeto: o que é Teatro documentário?; a condição de refugiados e imigrantes recém chegados ao Brasil; racismo no Brasil.
  • Produção de mapas que revelem o deslocamento de refugiados e imigrantes na cidade de São Paulo.
  • Documentação constante e sistemática das atividades do projeto.
  • Elaboração de documento impresso, do tipo portfólio.
  • Apresentação de experimento cênico aberto ao público.

Como se trata de um projeto piloto, entendemos que os participantes contribuirão para encaminhamento e avaliação das atividades propostas, visando o aprimoramento do projeto para suas posteriores versões.

As inscrições acontecerão no início de agosto quando enviaremos outro comunicado.

Estamos à disposição para eventuais esclarecimentos.

 

Instituto Equipe Cultura e Cidadania

 

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021