EFI – 4º ano 2022 – Acompanhamento da vida escolar

23/02/2022

Às famílias dos(as) alunos(as) de 4º ano,

Seguem algumas informações que consideramos relevantes para que possamos acompanhar juntos, ao longo do ano, o percurso escolar de cada aluno(a).

Reuniões de Mães e Pais e Eventos

Nas próximas semanas, faremos nossas primeiras Reuniões de Mães e Pais, uma para cada grupo, nas quais as famílias terão a oportunidade de conhecer as professoras. Poderemos ainda, nesses encontros e em mais dois por grupo ao longo do ano, elucidar nossa proposta educacional, partilhar a avaliação dos principais aprendizados propostos e realizados em cada período escolar; os desafios planejados para a continuidade do processo de aprendizagem do grupo; e os principais aspectos da vida escolar dos alunos e da dinâmica da classe, incluindo as intervenções realizadas, as conquistas e necessidades do grupo.

Ainda não sabemos quando poderemos retomar os eventos presenciais, que promovem uma maior integração da comunidade da escola, mas temos nos esforçado por encontrar formas de permitir que as famílias, nos momentos dos eventos previstos em calendário, se aproximem dos aprendizados e das produções de seus(uas) filhos(as).

Documento Curricular

No Documento Curricular da série de seu(ua) filho(a), que pode ser acessado no link abaixo, é possível conhecer as diretrizes e os principais objetivos e conteúdos para a série nas diferentes disciplinas que compõem o nosso currículo. Ele dá referência para os objetivos de aprendizagem e critérios de avaliação que integrarão os boletins trimestrais dos(as) alunos(as).

Eles(as) terão aulas de Português, Matemática, História, Geografia e Ciências com professoras de classe; aulas de Artes, Capoeira, Educação Física, Inglês e Música, e também Encontros de Leitura na Biblioteca, com professores(as) especialistas. A Quadra, que era uma proposta de jogos em grupos interséries coordenada pelos(as) alunos(as) do 5º ano, terá início por série e periodicidade mensal, com o acompanhamento das professoras de classe e do professor de Educação Física. As Oficinas serão desenvolvidas por videoconferência no contraturno neste início de ano. Quadra e Oficinas serão retomadas em suas propostas originais assim que possível.

Documento Curricular do 4º ano

Conversas com a Orientação

Nosso compromisso é partilhar com clareza a nossa avaliação do que ocorre na vida escolar dos(as) alunos(as), as nossas intervenções e possíveis preocupações, de forma que entraremos em contato quando tivermos informações a partilhar ou mesmo solicitar.

Nossa expectativa é de que as famílias entrem em contato conosco se quiserem saber mais sobre algum aspecto da vida escolar de seus(uas) filhos(as) ou para nos contar sobre o que os(as) alunos(as) expressam estar vivendo na escola, seja quando algo preocupa, seja para o aprimoramento de nossa observação, compreensão e intervenção em diversos aspectos.

Conversas por telefone ou em entrevistas agendadas são mais indicadas quando é importante preservar os(as) alunos(as) de nossas preocupações, enquanto estamos em processo de compreensão das questões envolvidas.

Aspectos que costumam motivar conversas são:

  • dúvidas quanto à necessidade de acolher as dificuldades de um(a) aluno(a) ou intensificar conjuntamente, pais e escola, nossa expectativa e exigência;

  • dúvidas relativas à necessidade de acompanhamento ou auxílio, ou de uma maior exigência de autonomia, nas tarefas escolares e na organização para sua realização e entrega;

  • a necessidade de intervenções diante de dificuldades de contenção de impulsos (agressividade física e verbal) ou de movimentos de exclusão.

Boletins trimestrais

A cada trimestre, comunicaremos nossa avaliação do processo de aprendizagem de cada aluno(a) às famílias. Nosso objetivo é, a partir da divulgação da avaliação trimestral, recontratar com os(as) alunos(as) o que esperamos que aprendam e os principais desafios coletivos e individuais.

Nossa intenção é de que, ao longo do Ensino Fundamental I, os(as) alunos(as) aproveitem as situações de elaboração de sua autoavaliação e de conversas com familiares, professores(as) e/ou orientadores(as), para reconhecer aprendizados conquistados e a serem conquistados, facilidades e dificuldades, e comecem a criar uma metodologia pessoal de estudo, dispondo-se a adequá-la às necessidades identificadas.

Formas de acompanhamento da lição de casa

A realização das lições de casa é imprescindível para o aprendizado e para o compromisso dos(as) alunos(as) com o que é contratado individual e coletivamente. Muitas lições são socializadas, em momentos nos quais é possível tirar dúvidas e partilhar diferentes estratégias, formas particulares de pensar ou expressar conhecimentos. Outras lições são apenas avaliadas pelos(as) professores(as), como forma de acompanhamento do que os(as) alunos(as) conseguem realizar fora do contexto de sala de aula. É fundamental que as dúvidas encontradas sejam trazidas para as aulas.

Muitas lições de casa retomam conteúdos trabalhados em classe, de forma que nossa expectativa é de que os(as) alunos(as) tentem realizá-las em casa com autonomia. Caso algum(a) aluno(a) necessite de acompanhamento sistemático para a realização das lições, é importante que isso seja partilhado com a escola. Outras lições, que inauguram novos assuntos, podem envolver pesquisa de materiais em diversas fontes. Nesses momentos, pedidos de ajuda podem ser acolhidos conforme a disponibilidade de cada família.

Nesse período da vida escolar, em geral esperamos que um adulto acompanhe os(as) alunos(as), quando necessário, apenas para que:

  • ajude a definir horários e local apropriados para a realização das lições;

  • o material necessário seja mantido completo e disponível ao longo do ano;

  • alguma dúvida pontual possa ser sanada;

  • o(a) aluno(a) seja encorajado a arriscar-se e a preparar-se para compartilhar conhecimentos, dúvidas e dificuldades em classe;

  • o material utilizado seja guardado para retornar à escola;

  • a agenda seja verificada como garantia de execução de tudo o que foi solicitado.

Os(as) alunos(as) de 2º a 4º ano normalmente levarão lições de casa três vezes por semana; e os alunos do 5º ano, quatro vezes por semana.

Alguns aprendizados são fundamentais para a vida escolar, e as famílias podem colaborar para que sejam conquistados. Ler junto diariamente, em voz alta, dividindo cada vez mais a leitura e escolhendo livros cada vez mais longos, bem como dividir e discutir a leitura dos textos conceituais gradualmente indicados pela escola, intensificam a conquista de fluência na leitura, o envolvimento com o universo da literatura e o exercício de interpretação e compreensão do que se lê. Jogos e brincadeiras orais com a sequência numérica, cálculo mental e tabuada, conforme esses conteúdos são introduzidos ao longo do EF I, constituem um importante apoio para a conquista de agilidade na resolução de contas e execução dos algoritmos.

Particularidades do 4º ano

No 4º ano, os(as) alunos(as) já realizaram algumas conquistas importantes, como uma compreensão básica que lhes permite ler, escrever e operar com o nosso sistema numérico. Nessa série, portanto, vamos aprofundar a abordagem dos conteúdos e aumentar a exigência em relação à qualidade do que os(as) alunos(as) produzem, de forma que eles(as) terão que intensificar o seu investimento nas tarefas. 

Nessa etapa da escolaridade, é importante que os(as) alunos(as) sejam incentivados a ter cada vez mais autonomia, o que às vezes causa certa resistência, quando recorrem aos familiares, queixando-se das novas exigências, como maior uso do caderno, rigor na ortografia, clareza nos textos e nos cálculos. Com o incentivo proporcionado pela família, enfrentam os novos desafios e ficam muito orgulhosos de suas novas conquistas.

Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos,

Flávio Cidade

Orientação Pedagógica e Educacional

Adriana Mangabeira

Coordenação Geral de EI e EF I

EFI – 4º ano 2022 – Acompanhamento da vida escolar

23/02/2022

Às famílias dos(as) alunos(as) de 4º ano,

Seguem algumas informações que consideramos relevantes para que possamos acompanhar juntos, ao longo do ano, o percurso escolar de cada aluno(a).

Reuniões de Mães e Pais e Eventos

Nas próximas semanas, faremos nossas primeiras Reuniões de Mães e Pais, uma para cada grupo, nas quais as famílias terão a oportunidade de conhecer as professoras. Poderemos ainda, nesses encontros e em mais dois por grupo ao longo do ano, elucidar nossa proposta educacional, partilhar a avaliação dos principais aprendizados propostos e realizados em cada período escolar; os desafios planejados para a continuidade do processo de aprendizagem do grupo; e os principais aspectos da vida escolar dos alunos e da dinâmica da classe, incluindo as intervenções realizadas, as conquistas e necessidades do grupo.

Ainda não sabemos quando poderemos retomar os eventos presenciais, que promovem uma maior integração da comunidade da escola, mas temos nos esforçado por encontrar formas de permitir que as famílias, nos momentos dos eventos previstos em calendário, se aproximem dos aprendizados e das produções de seus(uas) filhos(as).

Documento Curricular

No Documento Curricular da série de seu(ua) filho(a), que pode ser acessado no link abaixo, é possível conhecer as diretrizes e os principais objetivos e conteúdos para a série nas diferentes disciplinas que compõem o nosso currículo. Ele dá referência para os objetivos de aprendizagem e critérios de avaliação que integrarão os boletins trimestrais dos(as) alunos(as).

Eles(as) terão aulas de Português, Matemática, História, Geografia e Ciências com professoras de classe; aulas de Artes, Capoeira, Educação Física, Inglês e Música, e também Encontros de Leitura na Biblioteca, com professores(as) especialistas. A Quadra, que era uma proposta de jogos em grupos interséries coordenada pelos(as) alunos(as) do 5º ano, terá início por série e periodicidade mensal, com o acompanhamento das professoras de classe e do professor de Educação Física. As Oficinas serão desenvolvidas por videoconferência no contraturno neste início de ano. Quadra e Oficinas serão retomadas em suas propostas originais assim que possível.

Documento Curricular do 4º ano

Conversas com a Orientação

Nosso compromisso é partilhar com clareza a nossa avaliação do que ocorre na vida escolar dos(as) alunos(as), as nossas intervenções e possíveis preocupações, de forma que entraremos em contato quando tivermos informações a partilhar ou mesmo solicitar.

Nossa expectativa é de que as famílias entrem em contato conosco se quiserem saber mais sobre algum aspecto da vida escolar de seus(uas) filhos(as) ou para nos contar sobre o que os(as) alunos(as) expressam estar vivendo na escola, seja quando algo preocupa, seja para o aprimoramento de nossa observação, compreensão e intervenção em diversos aspectos.

Conversas por telefone ou em entrevistas agendadas são mais indicadas quando é importante preservar os(as) alunos(as) de nossas preocupações, enquanto estamos em processo de compreensão das questões envolvidas.

Aspectos que costumam motivar conversas são:

  • dúvidas quanto à necessidade de acolher as dificuldades de um(a) aluno(a) ou intensificar conjuntamente, pais e escola, nossa expectativa e exigência;

  • dúvidas relativas à necessidade de acompanhamento ou auxílio, ou de uma maior exigência de autonomia, nas tarefas escolares e na organização para sua realização e entrega;

  • a necessidade de intervenções diante de dificuldades de contenção de impulsos (agressividade física e verbal) ou de movimentos de exclusão.

Boletins trimestrais

A cada trimestre, comunicaremos nossa avaliação do processo de aprendizagem de cada aluno(a) às famílias. Nosso objetivo é, a partir da divulgação da avaliação trimestral, recontratar com os(as) alunos(as) o que esperamos que aprendam e os principais desafios coletivos e individuais.

Nossa intenção é de que, ao longo do Ensino Fundamental I, os(as) alunos(as) aproveitem as situações de elaboração de sua autoavaliação e de conversas com familiares, professores(as) e/ou orientadores(as), para reconhecer aprendizados conquistados e a serem conquistados, facilidades e dificuldades, e comecem a criar uma metodologia pessoal de estudo, dispondo-se a adequá-la às necessidades identificadas.

Formas de acompanhamento da lição de casa

A realização das lições de casa é imprescindível para o aprendizado e para o compromisso dos(as) alunos(as) com o que é contratado individual e coletivamente. Muitas lições são socializadas, em momentos nos quais é possível tirar dúvidas e partilhar diferentes estratégias, formas particulares de pensar ou expressar conhecimentos. Outras lições são apenas avaliadas pelos(as) professores(as), como forma de acompanhamento do que os(as) alunos(as) conseguem realizar fora do contexto de sala de aula. É fundamental que as dúvidas encontradas sejam trazidas para as aulas.

Muitas lições de casa retomam conteúdos trabalhados em classe, de forma que nossa expectativa é de que os(as) alunos(as) tentem realizá-las em casa com autonomia. Caso algum(a) aluno(a) necessite de acompanhamento sistemático para a realização das lições, é importante que isso seja partilhado com a escola. Outras lições, que inauguram novos assuntos, podem envolver pesquisa de materiais em diversas fontes. Nesses momentos, pedidos de ajuda podem ser acolhidos conforme a disponibilidade de cada família.

Nesse período da vida escolar, em geral esperamos que um adulto acompanhe os(as) alunos(as), quando necessário, apenas para que:

  • ajude a definir horários e local apropriados para a realização das lições;

  • o material necessário seja mantido completo e disponível ao longo do ano;

  • alguma dúvida pontual possa ser sanada;

  • o(a) aluno(a) seja encorajado a arriscar-se e a preparar-se para compartilhar conhecimentos, dúvidas e dificuldades em classe;

  • o material utilizado seja guardado para retornar à escola;

  • a agenda seja verificada como garantia de execução de tudo o que foi solicitado.

Os(as) alunos(as) de 2º a 4º ano normalmente levarão lições de casa três vezes por semana; e os alunos do 5º ano, quatro vezes por semana.

Alguns aprendizados são fundamentais para a vida escolar, e as famílias podem colaborar para que sejam conquistados. Ler junto diariamente, em voz alta, dividindo cada vez mais a leitura e escolhendo livros cada vez mais longos, bem como dividir e discutir a leitura dos textos conceituais gradualmente indicados pela escola, intensificam a conquista de fluência na leitura, o envolvimento com o universo da literatura e o exercício de interpretação e compreensão do que se lê. Jogos e brincadeiras orais com a sequência numérica, cálculo mental e tabuada, conforme esses conteúdos são introduzidos ao longo do EF I, constituem um importante apoio para a conquista de agilidade na resolução de contas e execução dos algoritmos.

Particularidades do 4º ano

No 4º ano, os(as) alunos(as) já realizaram algumas conquistas importantes, como uma compreensão básica que lhes permite ler, escrever e operar com o nosso sistema numérico. Nessa série, portanto, vamos aprofundar a abordagem dos conteúdos e aumentar a exigência em relação à qualidade do que os(as) alunos(as) produzem, de forma que eles(as) terão que intensificar o seu investimento nas tarefas. 

Nessa etapa da escolaridade, é importante que os(as) alunos(as) sejam incentivados a ter cada vez mais autonomia, o que às vezes causa certa resistência, quando recorrem aos familiares, queixando-se das novas exigências, como maior uso do caderno, rigor na ortografia, clareza nos textos e nos cálculos. Com o incentivo proporcionado pela família, enfrentam os novos desafios e ficam muito orgulhosos de suas novas conquistas.

Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos,

Flávio Cidade

Orientação Pedagógica e Educacional

Adriana Mangabeira

Coordenação Geral de EI e EF I

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2022

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2022