Início das aulas

23/01/2021

Caras famílias,

Esperamos que estejam bem e que no ano letivo que se inicia a escola permaneça como um espaço em que cada criança e cada jovem se sintam convidados a manter e aprofundar seu vínculo com o estudo e com as suas aprendizagens. Damos as boas-vindas, em especial, para as famílias que passam a fazer parte do nosso projeto educacional. A finalidade deste boletim é compartilhar as diretrizes para o planejamento da organização do começo do nosso trabalho educacional.

Como dado de contexto lembramos a expressiva expansão da disseminação da COVID-19, com o aumento do número de vítimas e a pressão sobre os serviços de saúde. Nesse cenário, o governo do Estado alterou a regulação do Plano São Paulo de forma a considerar a escola um serviço essencial, que deve seguir disponível e com atividades presenciais mesmo nas fases mais críticas da pandemia.

Por meio da Deliberação 194/2021, homologada em 16 de janeiro, a Secretaria Estadual de Educação fixou normas para a retomada das atividades presenciais e das remotas para a organização do Calendário Escolar de 2021. São marcos previstos na Deliberação a exigência da carga horária de pelo menos 800 horas anuais para o Ensino Fundamental e Médio, a obrigatoriedade da oferta e frequência de atividades presenciais na escola e a obrigatoriedade da presença dos alunos em até 75% das atividades letivas.

Já a prefeitura, que regula a atuação das escolas em nossa cidade, autorizou em 18 de janeiro o retorno às atividades presenciais na escola a partir de fevereiro considerando o limite diário da presença de até 35% da capacidade de receber os alunos de cada unidade escolar.

Considerando esse contexto e a continuidade do nosso plano de retomada das atividades presencias na escola, estamos desde o dia 13 de janeiro trabalhando com o grupo de educadores no planejamento da organização do trabalho educacional considerando as seguintes diretrizes.

a. O trabalho educacional em cada ciclo terá como foco, em especial, criar as condições para o vínculo processual de cada estudante com o seu estudo, com suas aprendizagens e com o grupo.

b. As escolhas curriculares das principais aprendizagens a serem asseguradas em cada etapa irão considerar de forma articulada os anos letivos de 2020 e 2021. Coerente com seu projeto e prática pedagógica, o trabalho educacional irá priorizar as sequências didáticas, a proposição de projetos integrados e as situações processuais de ensino e avaliação que levem em conta a heterogeneidade dos estudantes em sua autonomia para o estudo e aprendizagem.

c. A organização das atividades escolares propiciará a progressiva introdução dos momentos de atividades presenciais, de forma articulada às atividades mediadas por tecnologias, respeitando e aprimorando sistematicamente as condições de segurança e de prevenção definidas pelas políticas públicas e nos nossos protocolos e procedimentos, elaborados em colaboração com assessoria médica.

d. O trabalho educacional, de acordo com as características de cada ciclo, será organizado por meio de atividades presenciais na escola, videoconferências e roteiros de orientação de estudo. As atividades serão distribuídas em uma rotina semanal estabelecida previamente considerando o período em que cada aluno está matriculado. Queremos que a escola retome uma presença diária, constante e sistemática na experiência dos nossos alunos, ainda que predominantemente mediada por tecnologias.

e. A organização das atividades presenciais deverá observar o limite de até 35% da capacidade na presença dos alunos na escola e a distribuição das carteiras respeitando 1,5 metro de distanciamento em cada sala de aula. Esse dimensionamento exige o revezamento dos alunos e turmas e condiciona a periodicidade da realização das atividades presenciais.

f. Os protocolos e procedimentos de segurança e cuidado com a saúde propostos para o trabalho presencial serão complementados com as singularidades da organização da rotina específica de cada ciclo, e devem ser rigorosamente observados por todos os segmentos da escola.

g. O processo de ensino e aprendizagem deve assegurar as condições para que os alunos que tiverem algum impedimento na frequência às aulas presenciais na escola possam participar de forma efetiva do processo de ensino e aprendizagem.

Na próxima semana a coordenação de cada ciclo irá encaminhar a proposta de organização e dinâmica do trabalho escolar específicas para cada ciclo. As aulas terão início de forma remota em 02 de fevereiro, terça-feira. Nas duas primeiras semanas, essa organização será apresentada e discutida com os alunos e pais, incluindo as orientações detalhadas para o convívio no espaço escolar. Nesse período, será realizado ainda o levantamento dos alunos que irão participar efetivamente das atividades presenciais na escola, o que viabilizará o nosso planejamento detalhado da ocupação dos espaços escolares, que terão início para os alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio na semana de 22 de fevereiro. Os alunos da Educação Infantil e do 1º ano do Ensino Fundamental terão um cronograma específico e antecipado de trabalho na escola, atendendo às necessidades de adaptação das crianças.

A gravidade da situação sanitária, a fragilidade das políticas públicas no enfrentamento da pandemia, a desarticulação nas deliberações e normas dos diferentes entes federativos no que se refere ao setor da Educação, exigem a renovação de nossa responsabilidade comum para com as condições de saúde de todos, assegurarmos a nossa comunicação e atuarmos juntos de forma a buscar as melhores condições de convívio escolar, desenvolvimento e aprendizagem para nossas crianças e jovens.

 

Colégio Equipe

Início das aulas

23/01/2021

Caras famílias,

Esperamos que estejam bem e que no ano letivo que se inicia a escola permaneça como um espaço em que cada criança e cada jovem se sintam convidados a manter e aprofundar seu vínculo com o estudo e com as suas aprendizagens. Damos as boas-vindas, em especial, para as famílias que passam a fazer parte do nosso projeto educacional. A finalidade deste boletim é compartilhar as diretrizes para o planejamento da organização do começo do nosso trabalho educacional.

Como dado de contexto lembramos a expressiva expansão da disseminação da COVID-19, com o aumento do número de vítimas e a pressão sobre os serviços de saúde. Nesse cenário, o governo do Estado alterou a regulação do Plano São Paulo de forma a considerar a escola um serviço essencial, que deve seguir disponível e com atividades presenciais mesmo nas fases mais críticas da pandemia.

Por meio da Deliberação 194/2021, homologada em 16 de janeiro, a Secretaria Estadual de Educação fixou normas para a retomada das atividades presenciais e das remotas para a organização do Calendário Escolar de 2021. São marcos previstos na Deliberação a exigência da carga horária de pelo menos 800 horas anuais para o Ensino Fundamental e Médio, a obrigatoriedade da oferta e frequência de atividades presenciais na escola e a obrigatoriedade da presença dos alunos em até 75% das atividades letivas.

Já a prefeitura, que regula a atuação das escolas em nossa cidade, autorizou em 18 de janeiro o retorno às atividades presenciais na escola a partir de fevereiro considerando o limite diário da presença de até 35% da capacidade de receber os alunos de cada unidade escolar.

Considerando esse contexto e a continuidade do nosso plano de retomada das atividades presencias na escola, estamos desde o dia 13 de janeiro trabalhando com o grupo de educadores no planejamento da organização do trabalho educacional considerando as seguintes diretrizes.

a. O trabalho educacional em cada ciclo terá como foco, em especial, criar as condições para o vínculo processual de cada estudante com o seu estudo, com suas aprendizagens e com o grupo.

b. As escolhas curriculares das principais aprendizagens a serem asseguradas em cada etapa irão considerar de forma articulada os anos letivos de 2020 e 2021. Coerente com seu projeto e prática pedagógica, o trabalho educacional irá priorizar as sequências didáticas, a proposição de projetos integrados e as situações processuais de ensino e avaliação que levem em conta a heterogeneidade dos estudantes em sua autonomia para o estudo e aprendizagem.

c. A organização das atividades escolares propiciará a progressiva introdução dos momentos de atividades presenciais, de forma articulada às atividades mediadas por tecnologias, respeitando e aprimorando sistematicamente as condições de segurança e de prevenção definidas pelas políticas públicas e nos nossos protocolos e procedimentos, elaborados em colaboração com assessoria médica.

d. O trabalho educacional, de acordo com as características de cada ciclo, será organizado por meio de atividades presenciais na escola, videoconferências e roteiros de orientação de estudo. As atividades serão distribuídas em uma rotina semanal estabelecida previamente considerando o período em que cada aluno está matriculado. Queremos que a escola retome uma presença diária, constante e sistemática na experiência dos nossos alunos, ainda que predominantemente mediada por tecnologias.

e. A organização das atividades presenciais deverá observar o limite de até 35% da capacidade na presença dos alunos na escola e a distribuição das carteiras respeitando 1,5 metro de distanciamento em cada sala de aula. Esse dimensionamento exige o revezamento dos alunos e turmas e condiciona a periodicidade da realização das atividades presenciais.

f. Os protocolos e procedimentos de segurança e cuidado com a saúde propostos para o trabalho presencial serão complementados com as singularidades da organização da rotina específica de cada ciclo, e devem ser rigorosamente observados por todos os segmentos da escola.

g. O processo de ensino e aprendizagem deve assegurar as condições para que os alunos que tiverem algum impedimento na frequência às aulas presenciais na escola possam participar de forma efetiva do processo de ensino e aprendizagem.

Na próxima semana a coordenação de cada ciclo irá encaminhar a proposta de organização e dinâmica do trabalho escolar específicas para cada ciclo. As aulas terão início de forma remota em 02 de fevereiro, terça-feira. Nas duas primeiras semanas, essa organização será apresentada e discutida com os alunos e pais, incluindo as orientações detalhadas para o convívio no espaço escolar. Nesse período, será realizado ainda o levantamento dos alunos que irão participar efetivamente das atividades presenciais na escola, o que viabilizará o nosso planejamento detalhado da ocupação dos espaços escolares, que terão início para os alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio na semana de 22 de fevereiro. Os alunos da Educação Infantil e do 1º ano do Ensino Fundamental terão um cronograma específico e antecipado de trabalho na escola, atendendo às necessidades de adaptação das crianças.

A gravidade da situação sanitária, a fragilidade das políticas públicas no enfrentamento da pandemia, a desarticulação nas deliberações e normas dos diferentes entes federativos no que se refere ao setor da Educação, exigem a renovação de nossa responsabilidade comum para com as condições de saúde de todos, assegurarmos a nossa comunicação e atuarmos juntos de forma a buscar as melhores condições de convívio escolar, desenvolvimento e aprendizagem para nossas crianças e jovens.

 

Colégio Equipe

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021