[PROF] EI e EFI – Orientação de estudos mediada por tecnologias

21/03/2020

 

Orientação de estudos mediada por tecnologias

Interrupção das aulas em 18/03 e início do trabalho em 23/03

 

A. Diretrizes para a orientação de estudos dos alunos

  •  Manter o contato educacional com as crianças e jovens nesse período de distanciamento social.
  • Oportunizar situações reais e concretas de aprendizagem, por meio do contato com conteúdos e práticas de estudo significativas para a série/ano.
  • Sempre que possível criar situações de aprendizagem por meio de atividades que possam ser realizadas com autonomia ou com o apoio/suporte delimitado e demarcado dos pais.
  • As atividades devem ser realizadas com materiais que os alunos já possuam e/ou com materiais digitais que sejam disponibilizados pela web.
  • Assegurar, com certa periodicidade e sempre que necessário, o feedback para as atividades propostas, por meio de gabaritos, comentários, etc.
  • Utilizar uma linguagem dialógica nas orientações propostas, procurando ser afetivo(a) e resgatando a intimidade que professor(a) e aluno(a) têm na escola.
  • Evitar os excessos no uso de tecnologias que sejam desconhecidas para professores e alunos.
  • Considerar as especificidades de cada ano/ciclo nas estratégias e suportes mobilizados.
  • Criar um ritmo de atividades próprio para esse período, que não deve tentar ser o mesmo que o das aulas regulares.
  • Num primeiro momento, visar a manutenção de aprendizados já conquistados. Mais para frente, possivelmente, pensar em como introduzir conteúdos novos.

 

B. Estratégias

  • Lições, roteiros de atividade e sequências didáticas postadas online, que o estudante possa fazer no caderno, conforme indicação.
  • Referência à lições que foram enviadas para casa (neste caso, se possível, postar também o arquivo online para dar a referência correta de qual lição se trata e para o caso de algum aluno estar sem o material).
  • Gravações em áudio ou em vídeo.
  • Outras.

 

C. Parâmetros iniciais para a produção e o fluxo das atividades

 

1. Periodicidade e responsáveis

As famílias receberão uma carta na qual diremos que deverão acessar as nossas propostas às terças e quintas, no site da escola.

Pode ser uma lição ou um comentário sobre a realização de uma atividade. Nos pequenos, uma solicitação ou a socialização das respostas, para nos mantermos presentes na vida dos alunos e para fazermos uma intermediação entre as crianças do grupo.

Como tempo ideal de atividade para as propostas e cada grupo/série, combinamos planejar, a princípio, de meia hora a duas horas por dia, considerando uma progressão de GI a 5º ano, levando em conta que o tempo do uso da tecnologia e o tempo do encontro presencial são muito diferentes. Neste sentido, é importante postar tarefas e dar devolutivas sobre elas. Considerar que no EF II, o parâmetro está sendo que os alunos estudem de duas a duas horas e meia por dia e no EM, de três a quatro horas por dia.

É preciso ter cuidado para propor um pacote com tempo restrito para os alunos ficarem na internet, e incentivar para que façam outros tipos de atividade. Tarefas que não tenham nada a ver com tecnologia serão muito bem vindas, como plantar e observar o crescimento da planta, fazer receitas culinárias e contar como foi, fazer desenhos, diários, redações, explorar a biblioteca de casa, explorar as eventuais “discotecas” de casa e o que mais a imaginação criar. Assim como são bem vindas atividades que induzam à interação entre as crianças (colegas de escola, amigos, primos) ou com os adultos ( tios e avós). Por exemplo, ler o livro de um amigo e ligar para ele para dizer o que achou (ideia da Carol), entrevistar a pessoa mais velha da sua família pelo telefone (ideia da Rita) ou um desdobramento de uma primeira lição, que após a devolutiva da professora, sugira que os alunos continuem a produção do colega.

Entendemos que não é hora de solicitar a compra de material novo.

As atividades serão enviadas em lotes para os alunos:

Postagem Atividades de classe para Atividades de especialistas
3ª feira, 24/03: lote 1 4ª e 5ª feira Atividades lúdicas, se tivermos
5ª feira, dia 26/03: lote 2 6ª, 2ª e 3ª feira Artes, Biblioteca e Educação Física
3ª feira, dia 31/03 lote 3 4ª e 5ª feira Atividades lúdicas, se tivermos
5ª feira, dia 02/04: lote 4 6ª, 2ª e 3ª feira Capoeira, Inglês e Música

Estamos propondo, conforme a tabela, que as professoras de classe enviem propostas para todos os dias e que os especialistas enviem uma proposta a cada quinze dias, mesmo que seja algo que ocupe os alunos por um tempo maior – uma atividade a ser refeita em dias consecutivos, ou em partes.

As professoras de classe podem enviar um cronograma para a realização das atividades, mas escreveremos aos pais que é para considerarem como sendo uma sugestão nossa, já que a rotina das famílias sofrerá muitos ajustes nesse período. Podem também fixar data de entrega, a ser comunicada no calendário que estará no mural do grupo no site da escola. É importante colocar a data de entrega também na própria lição para evitar confusões ou esquecimentos.

 

2. Produção e revisão das propostas

Vamos reavaliando a periodicidade da produção, revisão e envio de propostas caso a escola permaneça fechada por mais tempo, mas nossa orientação é de que o trabalho à distância não ultrapasse a carga horária que cada um já dedicava à escola. Aos poucos, vamos nos organizando com nossos horários comuns de trabalho à distância.

Segue nossa divisão de responsabilidades pela revisão e aprovação do material de cada série:

    • GI e 1º ano: Joana
    •  2º e 3º ano: Ana
    •  4º e 5º ano: Flávio
    •  Colaboração em caso de dúvida: Drica
    • Colaboração em caso de necessidade de revisão, formatação e encaminhamento para publicação: Drica e Sheila

 

3. Envio das atividades à orientação

Pedimos que as atividades sejam encaminhadas por lotes para a orientação, para que seja possível priorizar a revisão e o encaminhamento dos materiais. Pedimos ainda que as atividades sejam enviadas por e-mail, sempre com cópia para todas as professoras da série, para a orientação e para quem vai cuidar da revisão.

A Anita deve fazer parte dos grupos de e-mail de 2º a 5º ano para, se possível, ter uma ideia das atividades de Língua Portuguesa e poder dar sugestões ou enviar propostas afinadas com o que estará sendo encaminhado aos alunos pelas professoras. Da mesma forma, a Camilla deve fazer parte também do grupo de 2º ano e a Dan do grupo de 4º ano. Devemos avaliar se isso será produtivo.

A Anita poderá ser procurada também pelas professoras de GI e 1º ano para trocarem ideias de leituras para os mais novos.

A orientação incluirá ou encaminhará as propostas para a Drica e/ou a Sheila quando necessário.

Segue a definição dos grupos de e-mail por grupo:

Grupo/Área Participantes Responsável pelo retorno e encaminhamento das atividades para serem postadas às famílias
GI Alessandra, Júlia, Bia, Patrícia, Joana e Drica Joana
1º ano Lilica, Silvia, Helô, Joana e Drica Joana
2º ano Esther, Marília, Carol, Juliana, Anita, Camilla, Joana, Ana e Drica Ana
3º ano Lúcia, Filomena, Camilla, Tiemy, Anita, Flávio, Ana e Drica Ana
4º ano Rosangela, Bruna, Dani, Cacá, Anita, Dan, Flávio e Drica Flávio
5º ano Valéria, Eduardo, Dan, Gabi, Anita, Flávio e Drica Flávio
Artes Tomás, Mateus, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Biblioteca Anita, Rosangela, Camilla, Dan, Ana, Joana, Flávio e Drica Drica
Capoeira Bui, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Ed. Física Gilson, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Inglês Raphael, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Música Rosana, Verônica, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Atividades lúdicas Anita e tod@s copiad@s Drica

 

4. Envio de materiais adaptados para a Orientação

Observação importante: o Léo deve ser incluído nessas conversas sempre que estiverem sendo encaminhados materiais adaptados para algum aluno.

5. Nomeação das lições

Seguiremos nomeando as lições indicando a área, o conteúdo e a série.

No caso das lições que devem ser realizadas pelos alunos e devolvidas a nós, pedimos que escrevam, ao final, “nome do aluno”.

Exemplo: LP-E Ortografia R ou RR 4º ano Nome do aluno.

Solicitaremos que os pais ou alunos nos devolvam a produção solicitada utilizando, para o arquivo, o mesmo nome da lição enviada, apenas inserindo o nome de cada aluno ao final.

Exemplo: LP-E Ortografia R ou RR 4º ano Carlos Castelo.

Desta forma, as lições dos diferentes alunos não vão se sobrepor e será possível identificá-las facilmente, sem que vocês precisem renomeá-las.

 

6. Envio de materiais para os alunos

Nesse primeiro momento, vamos usar o site da escola para postar as atividades para os alunos de GI a 5º ano.

Haverá um mural para cada grupo de alunos, onde serão disponibilizados os links ou atalhos para as atividades que vocês enviarem, organizadas por data, e um calendário, no qual será necessário inserir tudo que foi enviado e também datas para o retorno no caso das atividades que os alunos devem realizar e enviar para os professores.

As atividades podem ser arquivos em Word ou PDF, áudios ou vídeos.

Não devemos enviar nada que necessite de impressão. O que estiver em PDF ou mesmo outras propostas deverão poder ser realizadas no caderno ou em folhas avulsas.

As videoaulas gravadas serão disponibilizadas no YouTube ou Vimeo, com link a partir de uma lição que dará instrução para a atividade.

Recomendamos que os vídeos não ultrapassem 15 minutos, para que não sejam muito pesados. Se for uma narrativa que demanda, necessariamente, mais tempo, sugerimos que seja postada em partes.

Esses vídeos vão se tornar públicos, então todo cuidado é pouco. Pedimos que sejam partilhados sempre com a orientação antes de serem publicados.

Para sua produção, há diferentes possibilidades:

    •  os professores podem gravar pequenos vídeos de casa;
    •  há também a possibilidade de gravarem pequenos vídeos na escola, com a ajuda do setor de informática; para isso, devem agendar um horário com antecedência, e combinar com a orientação o acompanhamento da produção – assim, em uma única ida à escola o material pode ser realizado e finalizado, ou refeito se necessário; para otimizar a utilização de aparelhos, vocês podem fazer uma gravação de até uma hora para o material ser publicado em partes;
    •  o setor de informática pode também editar vídeos, mas eles só seriam postados uma semana depois.

A Joana, a Ana e a Sheila, se revezarão para acompanhar os professores que optarem por gravar vídeos na escola.

O Marcelo e o André serão responsáveis por postar os materiais que enviarmos.

 

7. Envio de materiais adaptados para os alunos que necessitam

As atividades postadas serão para os alunos que estão acompanhando as propostas da série. As atividades adaptadas para alunos com essa necessidade serão enviadas diretamente para o e-mail dos pais, após uma conversa da orientação com as famílias. Retomaremos esse tópico quando falarmos do e-mail que será criado para que os pais nos enviem as produções dos alunos.

 

8. Acesso às propostas enviadas aos alunos

As propostas enviadas aos alunos poderão ser acessadas por todos no site da escola.

9. Envio de atividades realizadas pelos alunos para nós

Nesse primeiro momento, avaliamos ser melhor o envio dos materiais por e-mail. Uma das vantagens disso é que as produções de cada aluno não serão acessadas por todas as famílias, apenas por nós. Outra vantagem é que esse e-mail poderá também ser utilizado para retornos particulares a alguns alunos ou para pequenas conversas em particular com cada família, como fazemos pela agenda. Esse e-mail será também utilizado para o envio de materiais adaptados aos alunos que necessitam, de forma que não tenhamos que expor o material específico deste aluno para toda a comunidade.

O Marcelo e o André vão criar e-mails por grupo para que os pais nos enviem os materiais, que poderão ser digitalizados ou fotografados. Eles devem poder escolher o que acharem mais fácil. Solicitaremos que os alunos continuem respondendo as propostas à mão.

Os e-mails serão acessados pelos professores e pela orientação e, além do envio de material dos pais para nós, devem também funcionar como a agenda dos alunos, para comunicações breves e pontuais entre famílias e escola. Algumas das eventuais respostas às famílias devem, ao menos de início, ser partilhadas por nós, em nossos e-mails pessoais, antes de serem encaminhadas, seguindo-se o mesmo critério que utilizamos para escrever na agenda.

Os professores especialistas, como de costume, não devem responder diretamente às famílias, mas deixar que a Ana converse com vocês e com eles para encaminhar eventuais demandas.

Segue uma lista dos e-mails que o setor de informática deverá criar para nós:

Endereço Quem acessa
interidades.manha@colegioequipe.g12.br Alessandra Moreno, Julia e Joana
interidades.tarde@colegioequipe.g12.br Beatriz, Patrícia Escaleira e Joana
ef1.primeiro.manha@colegioequipe.g12.br Lilica, Silvia e Joana
ef1.primeiro.tarde@colegioequipe.g12.br Lilica, Heloisa e Joana
ef1.segundo.manha@colegioequipe.g12.br Esther, Marília, Ana Marotto e Joana
ef1.segundo.tarde@colegioequipe.g12.br Carolina, Juliana, Ana Marotto e Joana
ef1.terceiro.manha@colegioequipe.g12.br Lucia, Filomena, Ana Marotto e Flávio
ef1.terceiro.tarde@colegioequipe.g12.br Camilla Guimarães, Tiemy, Ana Marotto e Flávio
ef1.quarto.manha@colegioequipe.g12.br Rosangela, Bruna e Flávio
ef1.quarto.tarde@colegioequipe.g12.br Daniela Amorim, Camila Rizzo e Flávio
ef1.quinto.manha@colegioequipe.g12.br Valéria, Eduardo e Flávio
ef1.quinto.tarde@colegioequipe.g12.br Daniela Lacerda, Gabriela e Flávio
ef1.artes@colegioequipe.g12.br Tomás, Mateus e Ana Marotto
ef1.edfisica@colegioequipe.g12.br Gilson e Ana Marotto
ef1.ingles@colegioequipe.g12.br Raphael e Ana Marotto

 
10. Arquivamento das propostas realizadas pelos alunos

Sugerimos que os professores arquivem as produções dos alunos no drive associado à nossa conta de e-mail do Colégio Equipe, que tem bastante espaço. Cada professor deve avaliar se vai organizar pastas por matéria e proposta ou pastas por aluno. Troquem dicas e peçam ajuda a quem sabe mexer bem com isso!

D. Dúvidas

A informática criou um WhatsApp e um e-mail para tirar dúvidas sobre o uso das ferramentas on-line: suporte@colegioequipe.g12.br e 94498-5437.

Anotem também dúvidas e sugestões para o nosso encontro da próxima segunda. Até lá!

[PROF] EI e EFI – Orientação de estudos mediada por tecnologias

21/03/2020

 

Orientação de estudos mediada por tecnologias

Interrupção das aulas em 18/03 e início do trabalho em 23/03

 

A. Diretrizes para a orientação de estudos dos alunos

  •  Manter o contato educacional com as crianças e jovens nesse período de distanciamento social.
  • Oportunizar situações reais e concretas de aprendizagem, por meio do contato com conteúdos e práticas de estudo significativas para a série/ano.
  • Sempre que possível criar situações de aprendizagem por meio de atividades que possam ser realizadas com autonomia ou com o apoio/suporte delimitado e demarcado dos pais.
  • As atividades devem ser realizadas com materiais que os alunos já possuam e/ou com materiais digitais que sejam disponibilizados pela web.
  • Assegurar, com certa periodicidade e sempre que necessário, o feedback para as atividades propostas, por meio de gabaritos, comentários, etc.
  • Utilizar uma linguagem dialógica nas orientações propostas, procurando ser afetivo(a) e resgatando a intimidade que professor(a) e aluno(a) têm na escola.
  • Evitar os excessos no uso de tecnologias que sejam desconhecidas para professores e alunos.
  • Considerar as especificidades de cada ano/ciclo nas estratégias e suportes mobilizados.
  • Criar um ritmo de atividades próprio para esse período, que não deve tentar ser o mesmo que o das aulas regulares.
  • Num primeiro momento, visar a manutenção de aprendizados já conquistados. Mais para frente, possivelmente, pensar em como introduzir conteúdos novos.

 

B. Estratégias

  • Lições, roteiros de atividade e sequências didáticas postadas online, que o estudante possa fazer no caderno, conforme indicação.
  • Referência à lições que foram enviadas para casa (neste caso, se possível, postar também o arquivo online para dar a referência correta de qual lição se trata e para o caso de algum aluno estar sem o material).
  • Gravações em áudio ou em vídeo.
  • Outras.

 

C. Parâmetros iniciais para a produção e o fluxo das atividades

 

1. Periodicidade e responsáveis

As famílias receberão uma carta na qual diremos que deverão acessar as nossas propostas às terças e quintas, no site da escola.

Pode ser uma lição ou um comentário sobre a realização de uma atividade. Nos pequenos, uma solicitação ou a socialização das respostas, para nos mantermos presentes na vida dos alunos e para fazermos uma intermediação entre as crianças do grupo.

Como tempo ideal de atividade para as propostas e cada grupo/série, combinamos planejar, a princípio, de meia hora a duas horas por dia, considerando uma progressão de GI a 5º ano, levando em conta que o tempo do uso da tecnologia e o tempo do encontro presencial são muito diferentes. Neste sentido, é importante postar tarefas e dar devolutivas sobre elas. Considerar que no EF II, o parâmetro está sendo que os alunos estudem de duas a duas horas e meia por dia e no EM, de três a quatro horas por dia.

É preciso ter cuidado para propor um pacote com tempo restrito para os alunos ficarem na internet, e incentivar para que façam outros tipos de atividade. Tarefas que não tenham nada a ver com tecnologia serão muito bem vindas, como plantar e observar o crescimento da planta, fazer receitas culinárias e contar como foi, fazer desenhos, diários, redações, explorar a biblioteca de casa, explorar as eventuais “discotecas” de casa e o que mais a imaginação criar. Assim como são bem vindas atividades que induzam à interação entre as crianças (colegas de escola, amigos, primos) ou com os adultos ( tios e avós). Por exemplo, ler o livro de um amigo e ligar para ele para dizer o que achou (ideia da Carol), entrevistar a pessoa mais velha da sua família pelo telefone (ideia da Rita) ou um desdobramento de uma primeira lição, que após a devolutiva da professora, sugira que os alunos continuem a produção do colega.

Entendemos que não é hora de solicitar a compra de material novo.

As atividades serão enviadas em lotes para os alunos:

Postagem Atividades de classe para Atividades de especialistas
3ª feira, 24/03: lote 1 4ª e 5ª feira Atividades lúdicas, se tivermos
5ª feira, dia 26/03: lote 2 6ª, 2ª e 3ª feira Artes, Biblioteca e Educação Física
3ª feira, dia 31/03 lote 3 4ª e 5ª feira Atividades lúdicas, se tivermos
5ª feira, dia 02/04: lote 4 6ª, 2ª e 3ª feira Capoeira, Inglês e Música

Estamos propondo, conforme a tabela, que as professoras de classe enviem propostas para todos os dias e que os especialistas enviem uma proposta a cada quinze dias, mesmo que seja algo que ocupe os alunos por um tempo maior – uma atividade a ser refeita em dias consecutivos, ou em partes.

As professoras de classe podem enviar um cronograma para a realização das atividades, mas escreveremos aos pais que é para considerarem como sendo uma sugestão nossa, já que a rotina das famílias sofrerá muitos ajustes nesse período. Podem também fixar data de entrega, a ser comunicada no calendário que estará no mural do grupo no site da escola. É importante colocar a data de entrega também na própria lição para evitar confusões ou esquecimentos.

 

2. Produção e revisão das propostas

Vamos reavaliando a periodicidade da produção, revisão e envio de propostas caso a escola permaneça fechada por mais tempo, mas nossa orientação é de que o trabalho à distância não ultrapasse a carga horária que cada um já dedicava à escola. Aos poucos, vamos nos organizando com nossos horários comuns de trabalho à distância.

Segue nossa divisão de responsabilidades pela revisão e aprovação do material de cada série:

    • GI e 1º ano: Joana
    •  2º e 3º ano: Ana
    •  4º e 5º ano: Flávio
    •  Colaboração em caso de dúvida: Drica
    • Colaboração em caso de necessidade de revisão, formatação e encaminhamento para publicação: Drica e Sheila

 

3. Envio das atividades à orientação

Pedimos que as atividades sejam encaminhadas por lotes para a orientação, para que seja possível priorizar a revisão e o encaminhamento dos materiais. Pedimos ainda que as atividades sejam enviadas por e-mail, sempre com cópia para todas as professoras da série, para a orientação e para quem vai cuidar da revisão.

A Anita deve fazer parte dos grupos de e-mail de 2º a 5º ano para, se possível, ter uma ideia das atividades de Língua Portuguesa e poder dar sugestões ou enviar propostas afinadas com o que estará sendo encaminhado aos alunos pelas professoras. Da mesma forma, a Camilla deve fazer parte também do grupo de 2º ano e a Dan do grupo de 4º ano. Devemos avaliar se isso será produtivo.

A Anita poderá ser procurada também pelas professoras de GI e 1º ano para trocarem ideias de leituras para os mais novos.

A orientação incluirá ou encaminhará as propostas para a Drica e/ou a Sheila quando necessário.

Segue a definição dos grupos de e-mail por grupo:

Grupo/Área Participantes Responsável pelo retorno e encaminhamento das atividades para serem postadas às famílias
GI Alessandra, Júlia, Bia, Patrícia, Joana e Drica Joana
1º ano Lilica, Silvia, Helô, Joana e Drica Joana
2º ano Esther, Marília, Carol, Juliana, Anita, Camilla, Joana, Ana e Drica Ana
3º ano Lúcia, Filomena, Camilla, Tiemy, Anita, Flávio, Ana e Drica Ana
4º ano Rosangela, Bruna, Dani, Cacá, Anita, Dan, Flávio e Drica Flávio
5º ano Valéria, Eduardo, Dan, Gabi, Anita, Flávio e Drica Flávio
Artes Tomás, Mateus, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Biblioteca Anita, Rosangela, Camilla, Dan, Ana, Joana, Flávio e Drica Drica
Capoeira Bui, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Ed. Física Gilson, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Inglês Raphael, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Música Rosana, Verônica, Ana, Joana, Flávio e Drica Ana
Atividades lúdicas Anita e tod@s copiad@s Drica

 

4. Envio de materiais adaptados para a Orientação

Observação importante: o Léo deve ser incluído nessas conversas sempre que estiverem sendo encaminhados materiais adaptados para algum aluno.

5. Nomeação das lições

Seguiremos nomeando as lições indicando a área, o conteúdo e a série.

No caso das lições que devem ser realizadas pelos alunos e devolvidas a nós, pedimos que escrevam, ao final, “nome do aluno”.

Exemplo: LP-E Ortografia R ou RR 4º ano Nome do aluno.

Solicitaremos que os pais ou alunos nos devolvam a produção solicitada utilizando, para o arquivo, o mesmo nome da lição enviada, apenas inserindo o nome de cada aluno ao final.

Exemplo: LP-E Ortografia R ou RR 4º ano Carlos Castelo.

Desta forma, as lições dos diferentes alunos não vão se sobrepor e será possível identificá-las facilmente, sem que vocês precisem renomeá-las.

 

6. Envio de materiais para os alunos

Nesse primeiro momento, vamos usar o site da escola para postar as atividades para os alunos de GI a 5º ano.

Haverá um mural para cada grupo de alunos, onde serão disponibilizados os links ou atalhos para as atividades que vocês enviarem, organizadas por data, e um calendário, no qual será necessário inserir tudo que foi enviado e também datas para o retorno no caso das atividades que os alunos devem realizar e enviar para os professores.

As atividades podem ser arquivos em Word ou PDF, áudios ou vídeos.

Não devemos enviar nada que necessite de impressão. O que estiver em PDF ou mesmo outras propostas deverão poder ser realizadas no caderno ou em folhas avulsas.

As videoaulas gravadas serão disponibilizadas no YouTube ou Vimeo, com link a partir de uma lição que dará instrução para a atividade.

Recomendamos que os vídeos não ultrapassem 15 minutos, para que não sejam muito pesados. Se for uma narrativa que demanda, necessariamente, mais tempo, sugerimos que seja postada em partes.

Esses vídeos vão se tornar públicos, então todo cuidado é pouco. Pedimos que sejam partilhados sempre com a orientação antes de serem publicados.

Para sua produção, há diferentes possibilidades:

    •  os professores podem gravar pequenos vídeos de casa;
    •  há também a possibilidade de gravarem pequenos vídeos na escola, com a ajuda do setor de informática; para isso, devem agendar um horário com antecedência, e combinar com a orientação o acompanhamento da produção – assim, em uma única ida à escola o material pode ser realizado e finalizado, ou refeito se necessário; para otimizar a utilização de aparelhos, vocês podem fazer uma gravação de até uma hora para o material ser publicado em partes;
    •  o setor de informática pode também editar vídeos, mas eles só seriam postados uma semana depois.

A Joana, a Ana e a Sheila, se revezarão para acompanhar os professores que optarem por gravar vídeos na escola.

O Marcelo e o André serão responsáveis por postar os materiais que enviarmos.

 

7. Envio de materiais adaptados para os alunos que necessitam

As atividades postadas serão para os alunos que estão acompanhando as propostas da série. As atividades adaptadas para alunos com essa necessidade serão enviadas diretamente para o e-mail dos pais, após uma conversa da orientação com as famílias. Retomaremos esse tópico quando falarmos do e-mail que será criado para que os pais nos enviem as produções dos alunos.

 

8. Acesso às propostas enviadas aos alunos

As propostas enviadas aos alunos poderão ser acessadas por todos no site da escola.

9. Envio de atividades realizadas pelos alunos para nós

Nesse primeiro momento, avaliamos ser melhor o envio dos materiais por e-mail. Uma das vantagens disso é que as produções de cada aluno não serão acessadas por todas as famílias, apenas por nós. Outra vantagem é que esse e-mail poderá também ser utilizado para retornos particulares a alguns alunos ou para pequenas conversas em particular com cada família, como fazemos pela agenda. Esse e-mail será também utilizado para o envio de materiais adaptados aos alunos que necessitam, de forma que não tenhamos que expor o material específico deste aluno para toda a comunidade.

O Marcelo e o André vão criar e-mails por grupo para que os pais nos enviem os materiais, que poderão ser digitalizados ou fotografados. Eles devem poder escolher o que acharem mais fácil. Solicitaremos que os alunos continuem respondendo as propostas à mão.

Os e-mails serão acessados pelos professores e pela orientação e, além do envio de material dos pais para nós, devem também funcionar como a agenda dos alunos, para comunicações breves e pontuais entre famílias e escola. Algumas das eventuais respostas às famílias devem, ao menos de início, ser partilhadas por nós, em nossos e-mails pessoais, antes de serem encaminhadas, seguindo-se o mesmo critério que utilizamos para escrever na agenda.

Os professores especialistas, como de costume, não devem responder diretamente às famílias, mas deixar que a Ana converse com vocês e com eles para encaminhar eventuais demandas.

Segue uma lista dos e-mails que o setor de informática deverá criar para nós:

Endereço Quem acessa
interidades.manha@colegioequipe.g12.br Alessandra Moreno, Julia e Joana
interidades.tarde@colegioequipe.g12.br Beatriz, Patrícia Escaleira e Joana
ef1.primeiro.manha@colegioequipe.g12.br Lilica, Silvia e Joana
ef1.primeiro.tarde@colegioequipe.g12.br Lilica, Heloisa e Joana
ef1.segundo.manha@colegioequipe.g12.br Esther, Marília, Ana Marotto e Joana
ef1.segundo.tarde@colegioequipe.g12.br Carolina, Juliana, Ana Marotto e Joana
ef1.terceiro.manha@colegioequipe.g12.br Lucia, Filomena, Ana Marotto e Flávio
ef1.terceiro.tarde@colegioequipe.g12.br Camilla Guimarães, Tiemy, Ana Marotto e Flávio
ef1.quarto.manha@colegioequipe.g12.br Rosangela, Bruna e Flávio
ef1.quarto.tarde@colegioequipe.g12.br Daniela Amorim, Camila Rizzo e Flávio
ef1.quinto.manha@colegioequipe.g12.br Valéria, Eduardo e Flávio
ef1.quinto.tarde@colegioequipe.g12.br Daniela Lacerda, Gabriela e Flávio
ef1.artes@colegioequipe.g12.br Tomás, Mateus e Ana Marotto
ef1.edfisica@colegioequipe.g12.br Gilson e Ana Marotto
ef1.ingles@colegioequipe.g12.br Raphael e Ana Marotto

 
10. Arquivamento das propostas realizadas pelos alunos

Sugerimos que os professores arquivem as produções dos alunos no drive associado à nossa conta de e-mail do Colégio Equipe, que tem bastante espaço. Cada professor deve avaliar se vai organizar pastas por matéria e proposta ou pastas por aluno. Troquem dicas e peçam ajuda a quem sabe mexer bem com isso!

D. Dúvidas

A informática criou um WhatsApp e um e-mail para tirar dúvidas sobre o uso das ferramentas on-line: suporte@colegioequipe.g12.br e 94498-5437.

Anotem também dúvidas e sugestões para o nosso encontro da próxima segunda. Até lá!

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021