EM – 1ª a 3ª série – MURAL – Aproveitando o fim de semana – 05 a 07 de junho

05/06/2020

 

Aproveitando o fim de semana

 

Caros alunos e familiares,

O título “Aproveitando o fim de semana” pode soar estranho quando o isolamento social, necessário para que se contribua com a saúde pública, é atravessado por contínuas situações que tanto nos provocam e mobilizam. João Pedro Mattos, George Floyd e Miguel Otávio Santana da Silva ocuparam amplamente a mídia, e fortemente nossos corações e mentes. Mas sabemos que muitos não ocupam a mídia.

Dedicar esse Boletim a essas pessoas e aos anônimos não teria sentido algum. Mas o preparo deste material, que busca levar um pouco de nosso trabalho – especialmente do Ensino Médio -, às famílias equipanas e a nossa comunidade, foi atravessado por muitas conversas em torno dessas pessoas e o que suas mortes representam.

A playlist desta semana do Instituto Equipe Cultura e Cidadania, que acaba de entrar no Spotify, foi nomeada O Negro e o Racismo na Música Brasileira. Sempre recomendável clicar no link e ler o texto que introduz a playlist da semana – há informações e convite a reflexões. As últimas playlists, assim como os textos que as apresentam, têm sido da autoria de Marcos Barreto, um dos responsáveis pelas ações do Instituto. Para ouvir esta playlist:

https://open.spotify.com/playlist/2dRl26UB7zGuShb0EsUmQH?si=atG-SHLBSCG45lnfJYxbyQ

Nesse contexto social, político e até mesmo afetivo, um curso do qual compartilharemos materiais relacionados a propostas de trabalho será o Temático Interséries A Cidade de São Paulo: Desafios e Possibilidades, ministrado pelo professor Antônio Carlos de Carvalho e pelos educadores da A Banca, Fabiana Ivo de Sousa (Fabi) e Daniel Bruno Saraiva (Diel).

Em abril, Emicida foi trazido ao curso através de textos e da música “Orra”. Registraram Fabi e Diel:

“Gostaríamos de compartilhar esse material com vocês, são textos leves e de uma leitura gostosa de fazer, que evidenciam a importância da escrita dos nossos ‘intelectuais orgânicos’ da quebrada. A música ‘Orra’, a qual os textos se referem, traz relatos fortes da história de vida do Emicida, onde ele expõe e denuncia a sociedade desigual em que vivemos.”

https://www.youtube.com/watch?v=p9JHGj_AhVE

(vídeo do Emicida cantando a música 10 anos depois do lançamento oficial)

Fabi e Diel propuseram o aprofundamento na questão através de uma entrevista realizada pela Revista Fórum com o rapper Emicida e de outras músicas:

“Nós (Diel/Fabi/Antônio) fizemos uma curadoria de algumas músicas para vocês ouvirem e refletirem sobre o que Emicida abordou.”

https://www.youtube.com/watch?v=QdvYAjQYdIs (Emicida – Dedo na Ferida)
https://www.youtube.com/watch?v=bfx7OXyqXhM (Inquérito – Lição de casa)
https://www.youtube.com/watch?v=_AycHaPQJG0 (RZO – O Trem)
https://www.youtube.com/watch?v=wTaZOENBY4w (Sabotage – Rap é Compromisso)
https://www.youtube.com/watch?v=SkHS9r1haXE (Racionais – RX do Brasil – Homem na Estrada)
https://www.youtube.com/watch?v=0PfevkndCPU (Criolo – Não Existe Amor em SP)

Obs.1 – Sabotage e Racionais – não são clipes.

Obs.2 – Criolo – Não Existe Amor em SP – já esteve no Boletim da última semana, por ser uma das músicas da playlist São Paulo como Musa Inspiradora, lançada pelo Instituto Equipe Cultura e Cidadania (29/05).

Em maio, o curso tratou de outros aspectos:

“Queremos explorar um pouco mais a diversidade presente – de modo especial, a arquitetura presente – na Cidade de São Paulo e suas características culturais, dos grandes prédios das áreas centrais, com arquitetura estudada, até as casas de autoconstrução dos extremos da quebrada. Em anexo deixamos algumas fotografias feitas pelo Di’Campana, um coletivo de jornalistas que contribuem com a produção fotográfica sobre o cotidiano das centenas de periferias e favelas espalhadas pelo mundo, fortalecendo a construção de um imaginário que contemple os múltiplos recortes da periferia – a cultura, o lazer, a rotina, a vida do nosso povo.

Imagem 1   Imagem 2   Imagem 3   Imagem 4   Imagem 5

Também em anexo deixamos o texto do poeta e escritor Allan da Rosa, extraído do livro ‘Moradas Fotográficas’ e a música ‘Castelo de Madeira’ do grupo de Rap ‘A Família’, com o objetivo de provocá-los a pensar sobre aspectos da periferia contados por ela mesma.”

https://www.youtube.com/watch?v=U-8Av0SeyAo

As discussões desse curso temático provavelmente remeteram, aos que vêm acompanhando estes Boletins, ao que constou na última semana sobre os cursos de História do Brasil da 1ª série, de Artes da 2ª série… Nosso currículo tem essa característica. Há discussões que somam, complementam, aprofundam – conceitos, temáticas, habilidades trabalhadas.

Como alunos do Ensino Médio e seus pais tiveram conhecimento hoje, em junho será realizado o projeto interdisciplinar interséries Isolamento e pandemia – horizontes possíveis: O que se transformou? O que deve permanecer? . Um dos objetivos é que nos detenhamos sobre o que de bom deveria ser mantido pós-pandemia. Uma via de inspiração para o formato da proposta foi “Carta al Señor Futuro”, de Eduardo Galeano, utilizada pela professora Andrea Pizzutiello junto aos alunos da 2ª série no curso de Espanhol. Seguem o texto e a leitura pelo autor:

Link

https://www.youtube.com/watch?v=VQtFKCb3eW8

Desejamos que o fim de semana seja possibilidade de retomada de fôlego para todos.

Nossos abraços.

 

Coordenação do Ensino Médio

EM – 1ª a 3ª série – MURAL – Aproveitando o fim de semana – 05 a 07 de junho

05/06/2020

 

Aproveitando o fim de semana

 

Caros alunos e familiares,

O título “Aproveitando o fim de semana” pode soar estranho quando o isolamento social, necessário para que se contribua com a saúde pública, é atravessado por contínuas situações que tanto nos provocam e mobilizam. João Pedro Mattos, George Floyd e Miguel Otávio Santana da Silva ocuparam amplamente a mídia, e fortemente nossos corações e mentes. Mas sabemos que muitos não ocupam a mídia.

Dedicar esse Boletim a essas pessoas e aos anônimos não teria sentido algum. Mas o preparo deste material, que busca levar um pouco de nosso trabalho – especialmente do Ensino Médio -, às famílias equipanas e a nossa comunidade, foi atravessado por muitas conversas em torno dessas pessoas e o que suas mortes representam.

A playlist desta semana do Instituto Equipe Cultura e Cidadania, que acaba de entrar no Spotify, foi nomeada O Negro e o Racismo na Música Brasileira. Sempre recomendável clicar no link e ler o texto que introduz a playlist da semana – há informações e convite a reflexões. As últimas playlists, assim como os textos que as apresentam, têm sido da autoria de Marcos Barreto, um dos responsáveis pelas ações do Instituto. Para ouvir esta playlist:

https://open.spotify.com/playlist/2dRl26UB7zGuShb0EsUmQH?si=atG-SHLBSCG45lnfJYxbyQ

Nesse contexto social, político e até mesmo afetivo, um curso do qual compartilharemos materiais relacionados a propostas de trabalho será o Temático Interséries A Cidade de São Paulo: Desafios e Possibilidades, ministrado pelo professor Antônio Carlos de Carvalho e pelos educadores da A Banca, Fabiana Ivo de Sousa (Fabi) e Daniel Bruno Saraiva (Diel).

Em abril, Emicida foi trazido ao curso através de textos e da música “Orra”. Registraram Fabi e Diel:

“Gostaríamos de compartilhar esse material com vocês, são textos leves e de uma leitura gostosa de fazer, que evidenciam a importância da escrita dos nossos ‘intelectuais orgânicos’ da quebrada. A música ‘Orra’, a qual os textos se referem, traz relatos fortes da história de vida do Emicida, onde ele expõe e denuncia a sociedade desigual em que vivemos.”

https://www.youtube.com/watch?v=p9JHGj_AhVE

(vídeo do Emicida cantando a música 10 anos depois do lançamento oficial)

Fabi e Diel propuseram o aprofundamento na questão através de uma entrevista realizada pela Revista Fórum com o rapper Emicida e de outras músicas:

“Nós (Diel/Fabi/Antônio) fizemos uma curadoria de algumas músicas para vocês ouvirem e refletirem sobre o que Emicida abordou.”

https://www.youtube.com/watch?v=QdvYAjQYdIs (Emicida – Dedo na Ferida)
https://www.youtube.com/watch?v=bfx7OXyqXhM (Inquérito – Lição de casa)
https://www.youtube.com/watch?v=_AycHaPQJG0 (RZO – O Trem)
https://www.youtube.com/watch?v=wTaZOENBY4w (Sabotage – Rap é Compromisso)
https://www.youtube.com/watch?v=SkHS9r1haXE (Racionais – RX do Brasil – Homem na Estrada)
https://www.youtube.com/watch?v=0PfevkndCPU (Criolo – Não Existe Amor em SP)

Obs.1 – Sabotage e Racionais – não são clipes.

Obs.2 – Criolo – Não Existe Amor em SP – já esteve no Boletim da última semana, por ser uma das músicas da playlist São Paulo como Musa Inspiradora, lançada pelo Instituto Equipe Cultura e Cidadania (29/05).

Em maio, o curso tratou de outros aspectos:

“Queremos explorar um pouco mais a diversidade presente – de modo especial, a arquitetura presente – na Cidade de São Paulo e suas características culturais, dos grandes prédios das áreas centrais, com arquitetura estudada, até as casas de autoconstrução dos extremos da quebrada. Em anexo deixamos algumas fotografias feitas pelo Di’Campana, um coletivo de jornalistas que contribuem com a produção fotográfica sobre o cotidiano das centenas de periferias e favelas espalhadas pelo mundo, fortalecendo a construção de um imaginário que contemple os múltiplos recortes da periferia – a cultura, o lazer, a rotina, a vida do nosso povo.

Imagem 1   Imagem 2   Imagem 3   Imagem 4   Imagem 5

Também em anexo deixamos o texto do poeta e escritor Allan da Rosa, extraído do livro ‘Moradas Fotográficas’ e a música ‘Castelo de Madeira’ do grupo de Rap ‘A Família’, com o objetivo de provocá-los a pensar sobre aspectos da periferia contados por ela mesma.”

https://www.youtube.com/watch?v=U-8Av0SeyAo

As discussões desse curso temático provavelmente remeteram, aos que vêm acompanhando estes Boletins, ao que constou na última semana sobre os cursos de História do Brasil da 1ª série, de Artes da 2ª série… Nosso currículo tem essa característica. Há discussões que somam, complementam, aprofundam – conceitos, temáticas, habilidades trabalhadas.

Como alunos do Ensino Médio e seus pais tiveram conhecimento hoje, em junho será realizado o projeto interdisciplinar interséries Isolamento e pandemia – horizontes possíveis: O que se transformou? O que deve permanecer? . Um dos objetivos é que nos detenhamos sobre o que de bom deveria ser mantido pós-pandemia. Uma via de inspiração para o formato da proposta foi “Carta al Señor Futuro”, de Eduardo Galeano, utilizada pela professora Andrea Pizzutiello junto aos alunos da 2ª série no curso de Espanhol. Seguem o texto e a leitura pelo autor:

Link

https://www.youtube.com/watch?v=VQtFKCb3eW8

Desejamos que o fim de semana seja possibilidade de retomada de fôlego para todos.

Nossos abraços.

 

Coordenação do Ensino Médio

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021