Reflexões sobre Segurança Pública

13/03/2017

Caros pais e alunos do Ensino Médio,

Preparamos uma série de atividades para os alunos do Ensino Médio que tem por objetivo a reflexão sobre Segurança Pública. A escolha dessa temática específica possui diferentes matizes, como a crise do sistema carcerário, a crise da segurança urbana, as políticas públicas relacionadas ao tema, dentre alguns dos aspectos motivadores.

Compartilhamos abaixo a programação, com sinopses das aulas a serem ministradas pelos professores e especialistas convidados.

As atividades ocorrerão em horário de aulas no período da manhã, entre os dias 15 e 22 de março.

Atenciosamente.

Coordenação do Ensino Médio

 

 

Existe sistema prisional diferente da sociedade que o cria?

Professor Antônio Carlos de Carvalho

Dias 15/03 (1ªA) e 16/03 (demais turmas)

A partir de um trecho do filme “Invasor Americano”, do cineasta Michael Moore, serão abordados os sistemas prisionais da Noruega, dos Estados Unidos e o brasileiro, levantando aspectos que os diferencia e como eles podem ser reflexos das sociedades que os geram.

 

A loucura e justiça na sociedade clássica europeia

Professor Lizânias de Souza Lima

Dia 16/03

Abordagem da questão da loucura, relacionada ao surgimento e desenvolvimento do Estado na Europa. O estabelecimento de critério para o que é justo e injusto, cada vez mais baseado na razão. A segregação por um viés moral e não médico, realidade que se altera somente ao final do século XIX.

 

Conflitos entre leis e costumes na tragédia grega: Eumênides, Antígona e Medeia

Professor Iuri Pereira Jaime

Dias 16/03 (2ªA) e 17/03 (demais turmas)

As noções de costume e justiça em oposição nos enredos de três tragédias gregas.

 

Qual o papel do Estado na (in)segurança pública?

Professora Eliane Yambanis

Dia 20/03

A partir do posicionamento de Sergio Adorno, Coordenador Científico do Núcleo de Estudos da Violência da USP, será discutido o papel do Estado frente ao problema da segurança pública e sua relação com conflitos históricos brasileiros.

 

La arquitectura de la cárcel

Professora Andrea Pizzutiello

Dia 22/03

Un recorrido sobre las diferentes concepciones de la arquitectura de las penitenciarías a partir del siglo XVIII. El panóptico y otros modelos arquitectónicos de vigilancia. Diferentes sistemas de administración de cárceles y sus puntos de vista. La Casa de Detención de São Paulo, Carandiru.

 

Exibição e debate do Documentário SEM PENA – 2014

Dia 21/03

Documentário de Eugenio Puppo que mostra os conflitos decorrentes do processo penal na vida familiar e social de presidiários e discute o encarceramento no Brasil.

O filme suscita vários questionamentos, como:

  • Qual é a real eficácia do encarceramento no combate à criminalidade?
  • Por que cerca de 75% dos presos voltam à cadeia depois de terem cumprido suas penas?
  • Quais são os efeitos da prisão na vida social e familiar das pessoas?
  • Como pode um ladrão de xampu ficar na mesma cela que um ladrão de banco?
  • O encarceramento abusivo não seria também uma das razões para o aumento da violência?

Para discutir essas e outras questões, contaremos com a presença de MARINA DIAS e ANDRE KEHDI.

 

MARINA DIAS é graduada pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), foi presidente do Instituto de Defesa do Direito de Defesa – IDDD (2010/2013). Integra o Conselho da Ouvidoria da Defensoria Pública de São Paulo, do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD). Fez especialização em mediação de conflitos e justiça restaurativa. Atualmente colabora para a organização Centro de Direitos Humanos e Educação Popular do Campo Limpo (CDHEP). Foi idealizadora, produtora executiva e pesquisadora do documentário Sem Pena.

 

ANDRE KEHDI é advogado criminalista. Foi presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (2015/2016), do qual é membro do Conselho Consultivo (2017/2018). Foi membro da Diretoria do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (2008/2012), membro do Conselho da Comunidade – órgão de execu ção penal responsável por fiscalizar os estabelecimentos penitenciários (2014). Também foi membro do Conselho Consultivo da Ouvidoria da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (2011/2015).

 

 

Reflexões sobre Segurança Pública

13/03/2017

Caros pais e alunos do Ensino Médio,

Preparamos uma série de atividades para os alunos do Ensino Médio que tem por objetivo a reflexão sobre Segurança Pública. A escolha dessa temática específica possui diferentes matizes, como a crise do sistema carcerário, a crise da segurança urbana, as políticas públicas relacionadas ao tema, dentre alguns dos aspectos motivadores.

Compartilhamos abaixo a programação, com sinopses das aulas a serem ministradas pelos professores e especialistas convidados.

As atividades ocorrerão em horário de aulas no período da manhã, entre os dias 15 e 22 de março.

Atenciosamente.

Coordenação do Ensino Médio

 

 

Existe sistema prisional diferente da sociedade que o cria?

Professor Antônio Carlos de Carvalho

Dias 15/03 (1ªA) e 16/03 (demais turmas)

A partir de um trecho do filme “Invasor Americano”, do cineasta Michael Moore, serão abordados os sistemas prisionais da Noruega, dos Estados Unidos e o brasileiro, levantando aspectos que os diferencia e como eles podem ser reflexos das sociedades que os geram.

 

A loucura e justiça na sociedade clássica europeia

Professor Lizânias de Souza Lima

Dia 16/03

Abordagem da questão da loucura, relacionada ao surgimento e desenvolvimento do Estado na Europa. O estabelecimento de critério para o que é justo e injusto, cada vez mais baseado na razão. A segregação por um viés moral e não médico, realidade que se altera somente ao final do século XIX.

 

Conflitos entre leis e costumes na tragédia grega: Eumênides, Antígona e Medeia

Professor Iuri Pereira Jaime

Dias 16/03 (2ªA) e 17/03 (demais turmas)

As noções de costume e justiça em oposição nos enredos de três tragédias gregas.

 

Qual o papel do Estado na (in)segurança pública?

Professora Eliane Yambanis

Dia 20/03

A partir do posicionamento de Sergio Adorno, Coordenador Científico do Núcleo de Estudos da Violência da USP, será discutido o papel do Estado frente ao problema da segurança pública e sua relação com conflitos históricos brasileiros.

 

La arquitectura de la cárcel

Professora Andrea Pizzutiello

Dia 22/03

Un recorrido sobre las diferentes concepciones de la arquitectura de las penitenciarías a partir del siglo XVIII. El panóptico y otros modelos arquitectónicos de vigilancia. Diferentes sistemas de administración de cárceles y sus puntos de vista. La Casa de Detención de São Paulo, Carandiru.

 

Exibição e debate do Documentário SEM PENA – 2014

Dia 21/03

Documentário de Eugenio Puppo que mostra os conflitos decorrentes do processo penal na vida familiar e social de presidiários e discute o encarceramento no Brasil.

O filme suscita vários questionamentos, como:

  • Qual é a real eficácia do encarceramento no combate à criminalidade?
  • Por que cerca de 75% dos presos voltam à cadeia depois de terem cumprido suas penas?
  • Quais são os efeitos da prisão na vida social e familiar das pessoas?
  • Como pode um ladrão de xampu ficar na mesma cela que um ladrão de banco?
  • O encarceramento abusivo não seria também uma das razões para o aumento da violência?

Para discutir essas e outras questões, contaremos com a presença de MARINA DIAS e ANDRE KEHDI.

 

MARINA DIAS é graduada pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), foi presidente do Instituto de Defesa do Direito de Defesa – IDDD (2010/2013). Integra o Conselho da Ouvidoria da Defensoria Pública de São Paulo, do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD). Fez especialização em mediação de conflitos e justiça restaurativa. Atualmente colabora para a organização Centro de Direitos Humanos e Educação Popular do Campo Limpo (CDHEP). Foi idealizadora, produtora executiva e pesquisadora do documentário Sem Pena.

 

ANDRE KEHDI é advogado criminalista. Foi presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (2015/2016), do qual é membro do Conselho Consultivo (2017/2018). Foi membro da Diretoria do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (2008/2012), membro do Conselho da Comunidade – órgão de execu ção penal responsável por fiscalizar os estabelecimentos penitenciários (2014). Também foi membro do Conselho Consultivo da Ouvidoria da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (2011/2015).

 

 

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021