EM – 1ª Série – Socialização – Trabalho de campo Ribeirão Preto

21/09/2015

 

“Da rapadura ao biocombustível – onde fica o homem nesse canavial?”

  Atividade síntese do projeto – 1ª série

Data: 25/09/2015
Horário: 19h30 às 22h
Participantes: Pais, alunos e educadores

 

O estudo na região de Ribeirão Preto busca caracterizar a dinâmica social, política e econômica da agroindústria da cana-de-açúcar no sudeste brasileiro. Em campo, foram realizadas a observação e coleta de dados da paisagem, dos processos de produção do açúcar e do álcool; o encontro com técnicos das usinas e com representante do Ministério do Trabalho e Emprego, Roberto Figueiredo; e foram entrevistados trabalhadores rurais e moradores de município que os recebe. Na análise dos dados, os alunos aprofundaram os conceitos de transformação, desenvolvimento, espaço, sistema produtivo, bem estar social, ciência e tecnologia trabalhados até o momento.

No encerramento desse projeto, todos serão convidados a tomar uma posição frente a problemas encontrados na região, a partir de um estudo de caso proposto e da socialização de conhecimentos adquiridos pelos alunos.

Com isto, estaremos contemplando um dos principais objetivos da aprendizagem nesta série, que é a problematização das relações entre ciência, tecnologia e decisão política.

Professores responsáveis: Antônio Carlos de Carvalho (Geografia), Eliane Yambanis (História do Brasil), Helika Amemiya Chikuchi (Biologia), Marlito de Souza Lima (Filosofia),  Renata Nogueira (Física), Roosevelt Kiyohisa Fujikawa (Química), Graça Maria Marino Totaro (Orientação Pedagógica e Educacional).

 

EM – 1ª Série – Socialização – Trabalho de campo Ribeirão Preto

21/09/2015

 

“Da rapadura ao biocombustível – onde fica o homem nesse canavial?”

  Atividade síntese do projeto – 1ª série

Data: 25/09/2015
Horário: 19h30 às 22h
Participantes: Pais, alunos e educadores

 

O estudo na região de Ribeirão Preto busca caracterizar a dinâmica social, política e econômica da agroindústria da cana-de-açúcar no sudeste brasileiro. Em campo, foram realizadas a observação e coleta de dados da paisagem, dos processos de produção do açúcar e do álcool; o encontro com técnicos das usinas e com representante do Ministério do Trabalho e Emprego, Roberto Figueiredo; e foram entrevistados trabalhadores rurais e moradores de município que os recebe. Na análise dos dados, os alunos aprofundaram os conceitos de transformação, desenvolvimento, espaço, sistema produtivo, bem estar social, ciência e tecnologia trabalhados até o momento.

No encerramento desse projeto, todos serão convidados a tomar uma posição frente a problemas encontrados na região, a partir de um estudo de caso proposto e da socialização de conhecimentos adquiridos pelos alunos.

Com isto, estaremos contemplando um dos principais objetivos da aprendizagem nesta série, que é a problematização das relações entre ciência, tecnologia e decisão política.

Professores responsáveis: Antônio Carlos de Carvalho (Geografia), Eliane Yambanis (História do Brasil), Helika Amemiya Chikuchi (Biologia), Marlito de Souza Lima (Filosofia),  Renata Nogueira (Física), Roosevelt Kiyohisa Fujikawa (Química), Graça Maria Marino Totaro (Orientação Pedagógica e Educacional).

 

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021

Rua São Vicente de Paulo, 374
Higienópolis, São Paulo - SP

(11) 3662 - 6500

(11) 3579 - 9150

(11) 97374 – 8388

equipe@colegioequipe.g12.br

© Colégio Equipe - 2021